terça-feira, 1 de março de 2016

Pedro Bandeira - A droga da obediência [Desafio Alfabeto Literário]

Fevereiro chegou ao fim, assim como as férias... E para comemorar este mês diferentão, de um ano bissexto, resolvi enfrentar minha vergonha e abraçar Pedro Bandeira!

Pois é, na verdade abracei-o de verdade :3 Mas minha vergonha maior é admitir que nunca havia lido um só livro desse lindo... Acho que devo ter pegado, folheado, cheirado o tal Mistério de Feiurinha, mas nunca fui além disso, ainda mais depois que a fofa da Xuxa gravou o famigerado filme!

Enfim, o livro também foi adquirido na Feira da UFPR em 2015 para conseguir um autógrafo do Pedro Bandeira, o que ele fez com um lindo e embigodado sorriso no rosto! (não consigo conter meu amor por ele depois de tê-lo conhecido - foi a melhor palestra que presenciei no evento!)
Sinopse: A Droga da Obediência é o primeiro da Coleção Os Karas e foi publicado em 1984. 
Num clima de muito mistério e suspense, cinco estudantes - os Karas - enfrentam uma macabra trama internacional: o sinistro Doutor Q.I. pretende subjugar a humanidade aos seus desígnios, aplicando na juventude uma perigosa droga! E essa droga já está sendo experimentada em alunos dos melhores colégios de São Paulo.
A primeira coisa que me chamou a atenção deste livro foi seu título. Sempre ouvia "droga da obediência" como algo "que droga obedecer" e nunca como "um remédio - uma droga para tornar as pessoas obedientes". A nova edição também é muito atrativa, colorida, utilizando de características de HQ. Boa jogada por parte da editora.

A história é divertida, leve e tem uma narrativa muito ágil. Pedro Bandeira consegue amarrar uma coisa na outra, com ótima continuidade, fazendo com que o leitor fique instigado a querer saber o desfecho. Fico pensando por que nunca entrou nas listas de recomendados pelos professores de Língua Portuguesa (pelo menos não era quando eu estudei!) - aqueles obrigatórios. 

Os adolescentes são retratados de forma tão natural e ao mesmo tempo a obra como um todo traz temas que refletem nos jovens até os dias de hoje. O que mais gostei da história é que apesar de ser dos anos 80 é tão atual. Contudo, acredito que 30 anos atrás, os jovens fossem mais maduros como Os Karas: Miguel, Cadú, Magrí, Crânio... 

Achei a história interessante, cheia de aventuras, e por que não dizer inspiradora? Se eu puder, vou recomendar a cada jovem esta coleção, para que eles possam se inspirar nesses personagens incríveis criados por Pedro Bandeira. 

Autor: Pedro Bandeira
Editora: Moderna
Ano: 2014 (5ª edição) [publicado primeiramente em 1984]
Páginas:190

5 estrelas
 

Um comentário:

Luana Lima disse...

Oi Priscilla,
Pedro Bandeira é incrível, nao foi a toa que ele foi sugestão do Desafio.
Acho que ele fez parte da infância/adolescência de uma grande geração, pena que hoje seus livros estejam esquecidos.
Diferente de você eu conheci o trabalho dele na escola e desde lá sou apaixonada por esse senhor bigodudo que tive o prazer de encotrar na Bienal do Livro.
Que bom que você gostou.
Obrigada por participar do Desafio Alfabeto Literário.
bjs,
Luana Lima
http://blogmundodetinta.blogspot.com